Artistas falam sobre a importância da política de editais.

Intercâmbio, educação, literatura e patrimônio A criadora intéprete em dança contemporânea e VJ, Ana Pi, foi selecionada no Prêmio de Residência Artistica 2009 da SecultBA e viajou para França, onde desenvolveu seu trabalho no Centre Chorégraphiqu…

 

Intercâmbio, educação, literatura e patrimônio

A criadora intéprete em dança contemporânea e VJ, Ana Pi, foi selecionada no Prêmio de Residência Artistica 2009 da SecultBA e viajou para França, onde desenvolveu seu trabalho no Centre Chorégraphique National de Montpellier. “A oportunidade de participar do programa de residência artística da Secretaria de Cultura possibilitou o desenvolvimento do meu trabalho de um modo outro, experimentando culturas e compartilhando meus saberes”, relata Pi. “A distância me fez entender a importância do diálogo/intercâmbio, como também, a potência da nossa cultura por um novo ponto de vista. Esta experiência além de ter me fortalecido profissionalmente me abre a possibilidade de difundir aqui, com os outros profissionais e sociedade em geral, o conhecimento construído durante este período de trabalho lá, ampliando e abrindo portas para nossa cultura e produção em arte contemporânea”, completa a artista.

 

 

para conferir a matéria completa acesse o site da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia:

http://www.cultura.ba.gov.br/2010/09/29/artistas-falam-sobre-a-importancia-da-politica-de-editais/


 

Autor: Ana Pi

Artiste chorégraphique et de l’image, chercheuse en danses urbaines, danseuse contemporaine et pédagogue. Ana Pi est diplômée de l’École de Danse de l’Université Fédérale de Bahia – Brésil, où elle étudie la pédagogie et la création en danse contemporaine. En 2009-10, elle étudie la danse et l’image au Centre Chorégraphique National de Montpellier – France, au sein de la formation EX.E.R.CE sous la direction de Mathilde Monnier. La circulation, le décalage, l’appartenance, la superposition, la mémoire, les couleurs, les actions ordinaires et le geste sont des matières vitales à sa pratique créative et pédagogique. Son travail s’inscrit principalement dans le cadre de collaborations avec d’autres artistes sur des projets de multiples natures et durées. Actuellement, elle est conférencière et performeuse sur le sujet des danses urbaines, sa démarche a été présentée aussi bien au Brésil, qu’en Europe et, plus récemment, en Afrique. Brasil / 1986 ⇔ France / 2016 Artista coreográfica e da imagem, pesquisadora das danças urbanas, dançarina contemporânea e pedagoga. Ana Pi é graduada pela Escola de Dança da Universidade Federal da Bahia – Brasil, em 2009/10 ela estuda a dança e a imagem no Centre Chorégraphique National de Montpellier – França, formação EX.E.R.CE, sob a direção de Mathilde Monnier. Trânsito, deslocamento, pertencimento, sobreposição, memória, cores, ações ordinárias e gesto são matérias vitais à sua prática criativa e pedagógica. Seu trabalho se apresenta principalmente no âmbito de colaborações com outras/os artistas em projetos de naturezas e durações diversas. Atualmente, ela palestra e performa sobre danças urbanas, suas apresentações foram realizadas tanto no Brasil, quanto na Europa e, mais recentemente, em África.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s